Transformação Digital

Japoneses criam drone para lutar contra o excesso de horas no trabalho

Japoneses criam drone para lutar contra o excesso de horas no trabalho

Em 2016, o presenteísmo – o excesso de horas no local de trabalho – matou 191 pessoas no Japão. Para combater o fenómeno das horas extra, uma empresa japonesa criou uma solução: um drone para escritórios que monitoriza e persegue aqueles que tentam trabalhar até muito tarde.

A Taisei, empresa de segurança e limpeza que co-desenvolveu o sistema, planeia colocar o drone em serviço já em abril, por um preço equivalente a 376 euros. Os responsáveis pelo desenvolvimento estão ainda a explorar a possibilidade de implementar reconhecimento facial para identificar os funcionários que tentam trabalhar fora do horário de trabalho.

No Japão, um em cada cinco trabalhadores trabalha, em média, mais de 49 horas por semana, em comparação com 16,4% nos Estados Unidos da América, 12,5% na Grã-Bretanha e 10,4% em França.

Saiba mais sobre a tecnologia aqui.