Opinião

A utilização das tecnologias disruptivas para um recrutamento diferente

por Vanda Fernandes, Head of Human Resources da Marionete

Cada um de nós é diariamente bombardeado com uma multiplicidade de dados e informações que nos chegam de todo o lado. E o que fazemos com esses dados? Ás vezes perdemos muitos deles ou não os usamos da forma mais eficiente….

Também as empresas têm múltiplos dados, que chegam de várias fontes e em grande quantidade, volume e velocidade…mas estas não se podem dar ao luxo de perder este manancial de informação… precisam de os trabalhar, de os analisar e deles tirar significado… Um survey da Mckinsey diz que o customer analytics permite aumentar seis vezes a retenção do cliente e 23 vezes a aquisição de novos clientes.

Toda esta análise só é possível com a utilização de tecnologias disruptivas ligadas ao big fast data, data science e devops.

E para que tenhamos as pessoas mais capazes a tratar destas matérias complexas e muitíssimo recentes necessitamos de fazer um recrutamento diferente.

Querem saber como o fazemos?

Na Marionete, uma empresa ligada às novas tecnologias, apenas 15% dos nossos colaboradores vem de informática. Recrutamos toda e qualquer formação da área de ciências, matemática e engenharia. Porque as tecnologias de hoje não serão as de amanhã, mas o raciocínio matemático e de investigação vai manter-se sempre!! E não esquecemos aqueles cuja escola da vida e motivação os levaram para este caminho!

Acreditamos que o nível académico nos ajuda a resolver os muitos problemas dos nossos clientes. Por isso recrutamos mestrados, doutorados, pós-doutorados. Também encorajamos e financiamos a continuação dos estudos académicos.

Testamos os conhecimentos dos nossos candidatos contra os melhores no Mercado através de ferramentas que permitem analisar o perfil do candidato focando-nos em adquirir talento. Este é um teste online que pode ser confortavelmente feito onde e quando o candidato quiser, mas cujo report nos permite perceber como os candidatos resolvem problemas…

E é desta forma que utilizamos as tecnologias disruptivas. Não só com os nossos clientes e também com os nossos candidatos e colaboradores!