Neurociências

Estudo confirma que podemos aprender enquanto dormimos

Estudo confirma que podemos aprender enquanto dormimos

Afinal, podemos aprender vocabulário de outras línguas durante o sono. A descoberta é de um estudo da Universidade de Berna, que confirma ainda que podemos aceder ao vocabulário aprendido durante o sono depois de acordarmos já que a formação de memórias parece ser mediada pelas mesmas estruturas cerebrais que fazem a mediação da aprendizagem de vocabulário quando estamos acordados.

Esta descoberta deita por terra a ideia de que o tempo que passamos a dormir é pouco produtivo do ponto de vista da aprendizagem. Agora, existem evidências consideráveis de que a informação aprendida no período em que estamos acordados pode ser alvo de ‘revisão’ pelo cérebro quando dormimos. De acordo com os investigadores da Universidade de Berna, esta ‘revisão’ durante o sono fortalece a memória e ‘grava’ a informação recentemente adquirida juntamente com o conhecimento pré-existente.

“Se a ‘revisão’ durante o sono melhora o armazenamento de informação aprendida quando estamos acordados, então a apreensão de informação nova também deve ser exequível durante o sono, potencialmente embutindo um traço de uma memória que dura até ao estado de vigília”, defendem os investigadores, que iniciaram o estudo precisamente a partir desta hipótese.

Esta é a primeira vez que um estudo consegue demonstrar que novas palavras estrangeiras e a sua tradução podem ser associadas durante o sono e memorizadas até ao estado de vigília. Os autores do estudo revelam inclusive que depois de acordarem, os participantes no estudo conseguiram ‘reativar’ as associações feitas durante o sono para aceder ao significado das palavras. Para além disso, a investigação confirma que o hipocampo, uma estrutura cerebral essencial para a aprendizagem, também apoia a aprendizagem enquanto dormimos.

O estudo foi publicado na revista científica Current Biology e está disponível aqui.