Liderança

O novo diretor de recursos humanos: que competências são esperadas?

malabarista - ilustração

Que competências deve ter um bom diretor de Recursos Humanos? De acordo com o estudo ‘The New Corporate HR Director – 20 tips and 20 skills’, recentemente publicado pela Meta4, a resposta não é simples.

Segundo o estudo, um gestor de Recursos Humanos deve possuir diversas competências, sobretudo porque a direção de Recursos Humanos é hoje um cargo altamente estratégico. A pensar nisso, a Meta4 reuniu dicas e competências chave que são cada vez mais importantes nos ‘novos’ gestores de capital humano e dividiu-as em quatro eixos que devem estar na base dessas competências: Estratégia, Gestão, Competências Pessoais e Comunicação.

O Novo Diretor de Recursos Humanos

No campo da Estratégia, o estudo sublinha que os gestores de Recursos Humanos devem ser capazes de gerir a mudança, detetar tendências emergentes antes de estas se implementarem, fortalecer os seus conhecimentos de forma contínua, alinhar as suas estratégias com a gestão das empresas e envolver todos os colaboradores da companhia.

Já no que diz respeito à Gestão, e se estivermos a falar de multinacionais, um gestor de Recursos Humanos deve ter a capacidade de integrar a estratégia global na estratégia local, pensando a empresa como um todo. Para além disso, a integração deve ser um dos seus focos: com os millennials a entrarem no mercado de trabalho, e a exigir cada vez mais flexibilidade por parte dos seus empregadores, os diretores de Recursos Humanos devem estar prontos a implementar um plano que garanta a gestão eficiente da diversidade no seio das empresas. O estudo destaca ainda a necessidade de acompanhar as inovações tecnológicas, e numa era em que os trabalhadores são cada vez mais ‘mobile’, este eixo tornou-se urgente.

Quanto às Competências Pessoais, destaque para a liderança, que deve ser orientada para uma meta comum a toda a organização, a persuasão, uma vez que hoje é esperado que um gestor de Recursos Humanos consiga influenciar as decisões estratégicas da companhia, e a lealdade e a integridade, que se atingem com um conjunto de outras competências (coerência, responsabilidade, dedicação e liderança).

Por fim, no eixo da Comunicação, a Meta4 refere que se espera que um diretor de Recursos Humanos funcione como uma fonte de informação para todos os colaboradores da organização, permitindo que comunicação flua facilmente entre as várias hierarquias. De resto, um gestor de capital humano deve pensar a organização, sobretudo, como uma marca, mantendo um foco de marketing e difundindo os valores da empresa, trabalhando para ser um exemplo.